Cole o Código do Banner

8 de abr de 2007

Amores Novos...


São borboletas,
que desde cedo,

povoam vidas,
muito mais que outras.

São de dois,
alguns são de três,
cabelos brancos precoces,
são de quatro.

Que presente,
que surpresa,
veio no pequenino ovo
que a vida me presenteou.

Ovinho todo negro,
por dentro e por fora.
Confeito de chocolate
côr-vida, preto, lindo.

Olhos, que arregalados,
pediam colo conhecido.
Mãos que juntas fazem metade
de outras ignorantes,
não estendidas, omissas.

Dois sois negros,
raios branco-esperança,
fazem de mim, bobo,
ilógico, pai novo.

O tempo será de vocês.
Os sonhos serão com vocês.
As lágrimas correram com as de vocês.
O coração cansado, renovado,
é também de vocês.

Minhas perolas negras,
que iluminarão meus dias
e meus novos rumos.

Que nomes?
Como são?
O que serão?
Serás capaz?

Nada é aventura,
nada é impulso.
É sim salvação,
perdão tardio,
meus dois novos amores.

Como saber dosar o amor,
se muito já recebo
e tão pouco dou?

Sou seu guardião,
minha negra bela
e esperta.

Sou o primeiro guia,
meu negrinho lindo
e senhor.

E agora me vejo,
me surpreendo mesmo,
a observá-los dormindo.
tranquilos e risonhos
em seus sonhos,
irrequietos posseiros.

E hoje,
nada mais sou do mundo,
nada de tempo perder.
Sou todo, somos todos,
pra sempre, de vocês.

Meus dois amores,
minhas doces borboletas
negras.


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

5 comentários:

nanyxms disse...

Filhos são presentes
que nascem da gente ou do coração
mas não nos pertencem
Filhos são feitos da carne, do amor
Filhos são os espelhos
da nossa alma
que refletem no nosso coração
e repetem a nossa vida
baseados numa nova situação
Filhos são unicos, verdadeiros
nos ocupam por inteiro
mas nos enchem de emoção
Filhos são os seus pais ontem
vivendo no presente
sonhando com o amanhã
Filhos dizem o que sentem
na maioria das vezes, não mentem
e dizem ser nossos fãs
Filhos são a nossa razão de viver
o nosso destino, novamente presentes
nos dias que virão nos proceder . . .
Parabéns poeta pela bela poesia e ato de coragem e amor!

Telma disse...

Que lindo poeta.
Parabéns.
Beijos

Amélia disse...

Singelo e muito expressivo!
Lindo poema, deu saudades dos meus filhos....
Beijos

Rita disse...

Muito bonita Poeta, tantos quês de um sentimento paternal profundo e límpido. Parabéns pela forma escolhida! Bjks

nanci cerqueira disse...

Poeta, recebemos alguns presentes nesta vida, mas o mais espetacular, que chega sem embalagens, sem laços de fitas coloridas, que passa a ter o maior valor, são os mandados por Deus, sempre com uma missão importante, sempre nos ensinando algo de bom, nós faz evoluir, aventuramos o novo na vida, investindo tudo que acreditamos e com muito amor no coração, nossos corações não tem limites, não podemos dosar, só temos que sentir e agradecer o presente recebido!!! Lindo este poema, demonstra o teu amor, por seres que dependem de você!

Sou seu guardião,
minha negra bela
e esperta.

Sou o primeiro guia,
meu negrinho lindo
e senhor.

E agora me vejo,
me surpreendo mesmo,
a observá-los dormindo.
tranquilos e risonhos
em seus sonhos,
irrequietos posseiros.

Serás o arqueiro destas novas vidas, admirando, protegendo, ensinado, amando e projetando para o futuro. Parabéns, parabéns Poeta!!! Um lindo beijo.