Cole o Código do Banner

13 de nov de 2007

Pétalas em Amor...


Ao fundo,
um piano acende de vez a sensibilidade.

Penso você, penso em mim por aqui,
agora tão longe...

Algumas pessoas gostam do amor simples.
Algumas de amores repletos de interrogações.

Um amor, como o nosso, que de tão perfeito,
de tão vivido, não resistiu ao próprio amor
e partiu.
Arrebentou nossos corações, que de um,
hoje alucinados, amam quebrado,
aos pedaços em dois.

Lembro da noite de verão, em que chovia emoção
e que nossos corpos cansados do tocar,
se amaram sem um toque sequer.

Ainda posso sentir a Flor Vermelha,
obediente em minha mão a perfumar teu corpo.
Teus contornos e curvas eram percorridos
pela adaga macia de suas pétalas.
Teus olhos, meio cerrados, não continham tuas lágrimas de surpresa e prazer.

Na curva íngreme de teus seios,
suave como uma brisa, ia ela,
te fazendo sensações, reinventando desejos.
Algumas pétalas enciumadas iam marcando
um território sagrado do teu corpo,
em teus fins e confins de amor.

Na descida íngreme de tuas coxas,
a se abrirem risonhas, sentias o caminhar mais decidido das pétalas do amor e eu senhor,
pelo caule da premiada flor,
recebia tua magia enviada por teu prazer,
sem toque haver.

Teu mágico instante se aproximava,
quando te contorcias sob o domínio
das fantasias e sofregamente pedias um final.

Já não me restavam pétalas,
todas dominavam teu corpo e
num desejo desvairado em te levar ao fim,
quebrei o encanto te fazendo viajar,
agora já sem pétalas e com um beijo
na palma de tua mão,
fostes minha e te entreguei
de vez o teu final.




Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

2 comentários:

R.Cássia disse...

Muito bom seu retorno... Saudades das suas palavras... Saudades deliciosas das viagens que nos proporciona, das lembranças... Dos anseios... Obrigada. Bjks

nanci cerqueira disse...

Poeta, já te falei e volto a falar, comentar tuas poesias é um exercício de sentimentos, sonhos e vontades, é liberar a mente e sentir...descreves com sutileza o ambiente, sentimos a música, o cheiro do momento das pétalas desprendendo no passear pelo corpo, deixando o rastro de amor e de sonhos, culminando com o beijo na mão, linda esta frase, este teu sentimento com a pureza da vontade de fazer uma mulher feliz! Toda mulher sonha este sonho!


Já não me restavam pétalas,
todas dominavam teu corpo e
num desejo desvairado em te levar ao fim,
quebrei o encanto te fazendo viajar,
agora já sem pétalas e com um beijo
na palma de tua mão,
fostes minha e te entreguei
de vez o teu final.

Não quebras o encanto, encanta mais ainda a alma feminina! Deus deveria ter feito clones teus e espalhado vários pelos continentes, fazendo muitas mulheres felizes e que um estivesse aqui junto a mim kkkk Maravilhoso teu poema menino! És um homem encantador! Te beijo com sonhos ...