Cole o Código do Banner

8 de mar de 2008

Pele TUA que te quero SEMPRE...



Pele que te quero molhada por meus suores.
Pele provada sem gostos pré-sentidos.
Pele riscada por meus dentes em arroubos de tesão.
Pele, branca, rubra, negra, pele tua mulher.

Sorver teus líquidos como pétalas
de tuas vontades firmes em paixão.
Poro-a-poro, descobrir cada mistério a
desvendar-se em tua entrega.

Descobrir com toques, sem tempo nem direção,
os momentos e lugares em que teus pelos
se eriçam, te deixando a mercê de meus dedos,
de minhas garras em dissimulada posse.

Colher o gosto de tuas águas a escorrerem
libertas, pelas curvas endiabradas de tua
veste a guiar-me por caminhos sempre novos,
eternamente por descobrir.

Te submeto e de bruços finges resistência.
Arranhas, mordes meus punhos, que loucos,
lutam para te subjugar, quando te percorro
o corpo, recebendo em meus lábios os beijos
quentes, vivos e inebriantes de tua pele
que por inteira, se faz presente.

Sentindo que numa reação química do amor,
sou envolvido por inteiro por esse teu
feiticeiro gosto, gostoso de provar,
que em seu recital de fêmea,
me faz sorrir tímido diante
a felicidade.

Sabes que o poder que tens,
consegue dominar.
Sabes que teus beijos,
teu corpo,
tua pele,
me subjugam como homem.

Para que no final de nós dois,
recebamos o presente maior,
em nos prendermos,
em um corpo só,
num abraço terno,
simples e sem tempo...



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

2 comentários:

Nanci Cerqueira disse...

Poeta... Rilton... é bonito teu nome! Forte, incomum, luminoso, real, encantador, confiante, determinado, sensível, apaixonante, eloqüente, fantástico, mágico, envolvente... como é este poema! Ler teu poema é fazer uma viagem aos sonhos mais antigos não realizados, sentir que a plenitude da entrega de dois corpos é possível! Sentir a beleza e a pureza do Amor! A magnitude de momentos sentidos e sonhados! O domínio do tempo! A iminência do mundo de fora! O esquecimento do que vivemos! O viver com totalidade e nobreza os nossos sentimentos junto a quem amamos!!! Poeta, não existe palavras pra descrever meus sentimentos! Parabéns pela tua grandeza de sentir! FANTÁSTICO... FANTÁSTICO...


Pele que te quero molhada por meus suores.

Sorver teus líquidos como pétalas
de tuas vontades firmes em paixão.

Descobrir com toques, sem tempo nem direção,

Colher o gosto de tuas águas a escorrerem
libertas, pelas curvas endiabradas de tua
veste a guiar-me por caminhos sempre novos,
eternamente por descobrir.

Te submeto e de bruços finges resistência.

Sentindo que numa reação química do amor,
sou envolvido por inteiro por esse teu
feiticeiro gosto, gostoso de provar,

me subjugam como homem.

em nos prendermos,
em um corpo só,
num abraço terno,
simples e sem tempo...

O AMOR... é AMOR! Sem mistérios! Sem tempo...! É só sentir! E viver!

Te beijo Poeta encantador de almas! Da minha alma!!! kkkkk

R.Cássia disse...

Momentos especiais bem descritos... Parabéns ! Bjks