Cole o Código do Banner

23 de jul de 2008

Por dentro do peito aberto...



Do susto,
vem a realidade.
Ainda vivo,
continuo a sentir.
Com o medo de provar a falta da duvida,
que coragem a minha,
de ter em você,
minha forma de esperança.

Sendo isto posto e sentido...rs

Saiba você,
que se faz um vazio aqui,
bem dentro de meu peito,
que faz com que me esqueça,
muitas vezes,
do caminho vencido,
dos dias que passaram,
das noites sem paixão.

Saiba você,
que se faz um vazio aqui,
bem dentro de meu peito,
que me leva a correr outros mundos,
procurando sombras de amores,
sobras de dores e algumas
flores caídas de tua mão.

Saiba você,
que se faz um vazio aqui,
bem dentro de meu peito,
que tento preencher com duvidas,
que fazem com que mude as cores
das manhãs e junte letras
sem sentido.

Saiba você,
que se faz um vazio aqui,
bem dentro de meu peito,
que me faz falar com você,
sem ter tua presença.
Sem saber se escutarás
o murmúrio ou simplesmente
lerás minhas ausências.

Saiba você,
que se faz um vazio aqui,
bem dentro de meu peito,
que pensando bem,
nem é assim,
tão vazio.

Saiba você,
que se faz um vazio aqui,
bem dentro de meu peito,
que nem queira saber como
posso viver e letras escrever.

_ Quer saber...?

_ Quer nada...

O que se pode querer do vazio,
do sem nada, do quase,
do desconhecido sem amor?

_ Quer saber por que isso tudo...?

É que ta tão vazio,
que nem eu sei a razão,
de estar aqui tentando mostrar
o que, nem sinto,
o que, nem existe,
o que, nem pode te fazer melhor,
nem te trazer pra mim,
nem me acordar pra vida,
o que, nem é a realidade dessa noite.


_ Quer saber...?

_ Liga pra isso não.

_ Vem comigo
...!


Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

R.Cássia disse...

Suas letras, Poeta, atingem muitos corações, mesmo sem o destinatário explícito. Elas têm o poder de acalentar, de preencher, de fazer sonhar, e de entristecer... Talvez o recado tenha sido entendido, talvez não...
Talvez haja beleza na dúvida, ou quem sabe sofrimento?
É, o mais importante é que tenha sido dado...
Bjks!

JEANINE disse...

E esse vazio se preenche....
por instantes....
até o novo amanheçer.....

Os dias passam...
a imaginação é forte...
mas o vazio fez casa no peito...

Sei como é..estar sozinho em meio a multidão...
entendo tuas palavras...Poeta..

nanci cerqueira disse...

Poeta, esta coragem surge do coração, o coração também faz sentir o vazio e logo preenche com a esperança! Lindo teu poema, como o amor é mágico! Como é bonito acreditar neste grandioso sentimento! Fantástico poeta... não tem muito o que dizer, é só ficar sentindo... sentindo... sentindo! kkkk

que coragem a minha,
de ter em você,
minha forma de esperança.

Sendo isto posto e sentido...rs

Saiba você,
que se faz um vazio aqui,
bem dentro de meu peito,
que me faz falar com você,
sem ter tua presença.

_ Quer saber...?

_ Liga pra isso não.

_ Vem comigo...!


Te beijo sentindo tuas palavras...