Cole o Código do Banner

22 de fev de 2009

Precisando de VOCÊ ...



Olha...
Essa vida,
minha vida,
sempre dura, tranquila,
normal sempre,
eternamente Tua...

Mas percebe com carinho...

Quero estar em você.
Faça-me enfeitiçado,
dentro de você.

Ainda existe muito silencio
em meu caminho.

Menina me acolhe em teu calor...

Minhas lágrimas,
hoje apenas para você,
estão nas nuvens,
no céu, no universo do teu corpo.

Menina, pensa, reflete e me
conquista de vez pra você.

Não tenho todo o tempo do mundo.
Já alguns anjos choram por mim,
outros as costas já mostraram.
Algumas crianças me olham com o
semblante divino dos descendentes.
Estou fazendo a curva extrema
em minha vida.

É menina!!!

Quando era jovem,
eu pouco precisei da ajuda
de alguém em nenhum sentido.
Tola pretensão de jovem
e pode acreditar,
desperdicei preciosas respostas.
Mas agora, estes dias se foram,
e é no teu coração,
que busco abrigo,
aconchego e paz.

Meu silencio é pura defesa.
Estratégia boba de coração ferido,
gasto pelo tempo, paixões,
eternas buscas.

Eu mudei meus pensamentos
e abri muitas portas.
Não sou um homem tão seguro assim,
apenas um poeta,
defendendo seus sonhos,
querendo ainda,
fazer sorrir,
alimentando alguns corações.

Minha vida,
hoje,
alterou muito
dos meus sentidos.
Minha decantada independência,
parece uma nuvem,
que na espessa neblina,
vai dissipando-se ao vento
ao sabor do tempo.

Só sei que preciso de você,
minha linda menina,
como nunca imaginei
antes precisar...

Ligue o CD,
toque a música que mais gosta,
separe uma poesia que te comova
e faz teu coração despertar.

Leia comigo.
Cante junto e vamos
viajar nesses acordes letrados
do poema, sendo embalados
pela musica do teu coração
e liberte-me.

Meus sonhos,
você sabe,
podem durar para sempre.
Mas diga onde você está agora?

Nesta cidade,
a solidão é o único jogo
e toda estrada que percorro,
toda avenida que transito,
conduz-me em declive.

Enquanto a vida corre
passando ao largo do meu coração
em todo lugar de meus pensamentos,
tenho você, sinto você, sonho você.
Assim vou me afastando desse jogo
de solidão, levando meus desejos,
diretamente em tua direção.

Mas se você quer partir,
pense com muita atenção,
pois espero que tenha muitos
corações bonitos para sentir.

Vou indo, menina linda,
senão as letras irão da Terra ate a Lua
e elas estão cansadas de sonhos
sem corações, sem amores,
desejos em despedidas.

Sem esquecer!!!

Ainda em tempo válido...

Te quero sem rotas,
sem tempo,
sem passado,
sem volta.
Apenas te vivendo,
para o hoje e
para o sempre.


_ Dedicado a : Débora e Nadine

Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

Tania Medeiros disse...

Por instantes, sonhei que estas palavras em forma de versos eram pra mim, viajei feliz nelas.
Que bom que podemos fazer isto em teus versos!

"Só sei que preciso de você,
minha linda menina,
como nunca imaginei
antes precisar...

Menina, pensa, reflete e me
conquista de vez pra você.

Não tenho todo o tempo do mundo.
..............................
Estou fazendo a curva extrema
em minha vida."

Quero ser capaz de te amar, e te amando fazer desta curva extrema uma luz muito ao fundo, bem longe!
Pois, conscientes somos, que ela um dia surgirá!

Beloooo, como sempre belooo
É tudo que você escreve.

Beijo voce meu lindo!

Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nadine disse...

Meu amor querido, só hoje li teu poema maravilhoso.
Te confesso que senti tudo o que sentia quando estava em teus braços..UFAAAAAA..
Obrigada meu lindo, vou ligar pra você.

Mil beijos e.........