Cole o Código do Banner

28 de abr de 2009

Prazer Incontido...



Hoje acordei
com louca vontade de te beijar.
É sim, te beijar toda,
inteira... minha.
Buscar teu mais íntimo segredo.

Quero percorrer teu corpo com língua
de gato grande.
Com gana de feroz macho dominante.
Puxar teus cabelos com firmeza
e te fazer morder os lábios,
desmaiando em suspiros,
me fazendo louco.

Quero ser dominado te domando com clareza.
Com a realidade de um tesão maior.
Você linda pra mim, maravilhosa em teus
reflexos de mulher real.

No dia de hoje, te quero afoita,
arfante, minha de tudo.
Quero ser teu macho maior,
tendo em ti, minha rainha
e senhora.

Te dispo com ternura,
mas te arrebato as roupas sem piedade.
Acaricio tua nuca,
te dando beijinhos de arrepios
e mordidinhas safadas,
descobrindo teu cheiro,
teu gosto mais cúmplice.

Beijo teus olhos,
acaricio tua fonte e
provo do teu sabor em tua boca entreaberta.

Com cuidado, recolho teus seios,
mordisco um, afago outro,
te dando minha saliva,
minha essência de amante louco
e desvairado.

Te deito e em teus pés faço teu começo.
Percorro a pele lisa de tuas pernas,
de paralelas e esguias loucuras.
Que tesão mulher, me fazes sentir,
percorrendo sem pressa,
o caminho para teu reino de sonhos
molhados, reais, só nossos.

Frente a meus olhos,
tua rasa penugem se apresenta,
como convite a loucas viagens
e a tremores de teu corpo,
fazendo delirar minha boca.

Prendes minha cabeça com a força
de garras femininas em total desejo.
Sinto teu ardor, teu gosto,
teu calor maior de fêmea.

Começo a explorar teus segredos,
que se revelam na forma de teus
sussurros, gemidos e palavras
gostosas em tua maior verdade.

Com imensa atenção a tua forma
mais intima, paro por minutos,
ainda que poucos, em teu botão róseo,
fazendo meu coração disparar descompassado,
ao sentir que me respondes,
inundando minha boca com teu mel,
quente, puro, definitivo.

Para te observar melhor,
paro por segundos e vejo que teu
rosto esta em brasa e que me olhas
como que a suplicar pelo eterno
momento em que serás plena como
mulher e dona.

Sem mais, acelero meu prazer,
deixando ao teu comando o arfar,
o contorcer de tuas entranhas.

Agora queres que sejamos um só,
buscando, puxando com força máxima,
minha cabeça, minha boca a te pertencer.

Vem mulher, faz teu tempo,
teu ritmo e viaja pela estrada
de tua realização desaguando
em minha boca teus desejos
contidos, teu tesão, tua vida,
nesses segundos únicos.

Ainda em espasmos deliciosos,
teu corpo vai relaxando suavemente.
Tua boca procura a minha num beijo
indescritível de amor, de carinho
e muito desse tesão,
que ainda ira nos consumir maravilhosamente
por muitas manhãs,
tardes e anoiteceres
frenéticos de nossa paixão.

Recuperando tua sanidade
perdida com teu prazer,
me olhas linda, segura
e sem dizeres nada,
sobes sobre mim
e...



Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

5 comentários:

R.Cássia disse...

E...
É deliciosamente incrível como suas letras saltam em realidade, verdade e vida...
É maravilhoso cada caminho percorrido nessa viagem de prazer.
Parabéns!
Mil Bjks!

Anônimo disse...

Sensação que vem da alma sentida e vivida,a mais pura sensualidade.
Ler seus poemas é um afrodísiaco para uma linda noite de amor.
Parabéns!

Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JEANINE disse...

QUEM UM DIA JÁ NÃO SENTIU....
DELICIOSA LEITURA....
TENTO DECORAR VERSOS, PARA SOLVE-LOS EM MINHA MENTE QUANDO FECHO OS OLHOS...
DELÍCIA...