Cole o Código do Banner

3 de mai de 2011

Vontade de Ontem e Hoje... (poeminha do adeus)



Hoje,
parte de mim foi embora contigo,
nesse inesperado e novo adeus.

No momento de tua partida mostrei
estar forte, consciente do nosso destino.
Mas como aceitar mais esse novo abandono
em nossos corações?

Quer saber, aeromoça do meu coração?
Foi receio e puro fingimento.

Quanta vontade de impedir que não partisse
e de imediato mandar que fosse embora.

Olha, nada disso adiantaria.
Nossa decisão não poderia ter volta.
Nosso caminho tem dono, consciência
e princípios.

Você, meu sonho antigo,
sabe e sente,
que a melhor parte de mim mora
e resiste dentro do teu coração.

Infelizmente para nossa linda menina,
somos regidos e dependentes desse nosso
amor fora do tempo.

Estarei te esperando...

Quem sabe um dia,
na penumbra de nossos dias,
nossos corações resolvam aceitar
que foram feitos copia e dono
um do outro?


Creative Commons License

Um comentário:

telma disse...

Muito bom, os escritos do blog são tão reais mesmo em seus ápices poéticos.....nada mais real que "homem, mulher, sexo"....e outras políticas coisas mais.....