Cole o Código do Banner

18 de out de 2011

No Rio, a saudade ... tua volta



No silêncio de tua ausência
alguma coisa, algo é falta:

São as palavra que me abandonam.
É a saudade que me sufoca e
faz perder o rumo.
É que você foi e ainda esta lá.
São as vontades da volta que se faz muita...

Chegastes!!!

Dentro do meu silêncio, nesse quarto de hotel,
respiro forte e algo desperta...:

Surgem linhas com letras não escritas,
em partituras de melodias vividas por dois
necessitados...

A caneta ganha vida e toma forma
da liberdade do amor...
Rabisco algumas coisinhas e
sem pedir ou pestanejar,
vens linda e minha.

É quando poesia e vida voltam...


Creative Commons License Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Nenhum comentário: