Cole o Código do Banner

14 de out de 2011

Você ... Mulher.




Misturando lembranças, sussurros e desejos,
sinto que para você,
ser mulher,
é simples demais...

És como és!

Não perdes os trejeitos matreiros nem quando
estas dormindo.
Sabes que no amar é gostoso ser dengosa.

Mostrar-se…
Fazer-se nescessidade...
Insinuar-se pouco a pouco...

No mexer do teu corpo,
tuas ancas são como imãs de paixão...
O cruzar de tuas pernas no ângulo prisão,
retendo-me mais um pouco...
É a artimanha do tesão que emana de nossa entrega.

Sabes como nenhuma outra,
Deixar um "Q" de tua fragrância adocicada,
a perfumar meu corpo, nossas fantasias.

Eu sou como sou!

E quem sou eu?
Mais que teu Homem.

Amante em repentinas declarações de tesão,
paixão... querer.
Um amor cheio de simplicidade.


Creative Commons License Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

R.Cássia Púlice disse...

Um homem... Uma mulher... Uma paixão!
Simples assim.
Bonito isso.
Bjks.

Renata (Tua) disse...

Você é lindo meu amor.
Nada nem ninguem separa nossos corações.

Mais beijos.

CLAÚDIA disse...

OI POETA MRAVILHOSO...

VER VOCÊ FELIZ É ÓTIMO MEU AMIGO E EX-AMOR....KKKK

MIL BEIJOS PARA VOCÊ E RENATA.