Cole o Código do Banner

6 de jun de 2007

Hei Menina !


Deixa eu invadir teu mundo,
descobrir teus mistérios,
viver teus sonhos,
conhecer tuas verdades,
compartilhar do teu caminho...

Fica espantada não,
quero ser do teu coração,
sentir teus arrepios,
provar teus venenos,
dividir o prazer.

Hei, vem cá!

Deixa eu te querer,
desnudar teu corpo,
explorar tuas fantasias,
mergulhar em tuas fontes,
voar teus pensamentos,
sorrir com teus sorrisos.

Permita-se me aceitar,
afugente teus medos,
liberte teus devaneios
e deixe a vida nos levar.

Ok... Que bom!

Agora que estamos vivendo a paixão,
vem de mansinho me fazer dengo,
sussurrar em meus ouvidos,
bem baixinho,
que você é minha,
mesmo sempre dizendo não...



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

4 comentários:

Elãine disse...

dengo e paixão em forma de poesia. Mexe com o desejo feminino. Amei!

Rita disse...

Gosto dessa sensualidade meio tímida, sutil, meio impulsiva, mas contida...Parabéns...Bjks

Amelia disse...

Um carinho, um dengo, um pouco de timidez escondida, descoberta!!!
Linda poesia
Parabéns poeta

nanci cerqueira disse...

Poeta, viver a paixão e viver o amor! A paixão amadurecida se transforma no amor. O amor tem sempre que se cuidar e a paixão faz o amor perdurar!!! Teu poema faz as emoções fluírem, nos deixando desarmadas, nos fazendo sentir vulneráveis a grande invasão kkk

Deixa eu invadir teu mundo,
descobrir teus mistérios,
viver teus sonhos,
conhecer tuas verdades,
compartilhar do teu caminho...

Fica espantada não,
quero ser do teu coração,

Não tem coração que resista a este apelo, kkk...Tens a facilidade com sensualidade de demonstrar como a paixão enobrece o coração!!!
Quando sentimos estas emoções...” Só pode ser Amor” Parabéns menino!
Te beijo