Cole o Código do Banner

24 de out de 2007

Sonho...


Um sonho...Ou o meu querer?
Disse-me no espaço secreto...
Ou teria sido uma viagem! ?

Te vi nua e levada
Te vi minha e sapeca
Quero teu sorriso mais puro
Quero me embeber da tua seiva”

Entre sussurros...Disse!
Agora, você termina...

Como terminar?
O inacabado
O inexplicado
O indomado...
Em nós?

Podemos nos imaginar
Como quisermos...
Sentir você...Meu somente!
Sem amor dividido...
Apenas minha vontade... Desejo!

Você pode me pensar
Toda... Afeita, perfeita!
Do seu jeito, sem defeito!
Sem medo, segredo ou mistério...

És plural...Sem igual!
Tentação...Sinto-te sedução!
Meu tirar da solidão!

Você sabe,
Que desejo...
Atração.
Paixão e Tesão
São brasas...A aquecer
O Coração!

ELIZ@

3 comentários:

R.Cássia disse...

Lindo Eliza! Transparente seu desabafo... Parabéns Poeta por compartilhar. Bjks

JEANINE disse...

Eliza..quanto mais leio e vejo de voc~e..mais tenho certeza de quanto somos iguais.
Você escreveu a minha alma.....hj.
um abraço e te admiro moça.
Rilton...obrigada por compartilhar conosco tamanha preciosidade.
Um beijo.
Ja

nanci cerqueira disse...

Eliza, minha linda teu poema é simplesmente fantástico! Os sonhos são sempre o que desejamos, com eles podemos viajar e chegar a onde ninguém pode imaginar, só a pessoa que temos uma conexão pode chegar a esta imaginação! Parabéns!

Um sonho...Ou o meu querer?
Disse-me no espaço secreto...
Ou teria sido uma viagem! ?

Parabéns e obrigado poeta, por dá este espaço, por abrir as portas da tua casa! Falo por mim e por Eliza(ousadia amiga, mas penso que sente o mesmo) kkkk

Beijos