Cole o Código do Banner

15 de nov de 2007

Imponderável Coração...


Corredores muito brancos,
corações sangrando,
saudades já presentes,
estado de espera...

Com tímida visão te observei dando amor.
Muito carinho escorria pela ponta de teus dedos
como dádivas plenas, mas
teus olhos, mesmo de longe,
pareciam tristes.

Controvérsia de vida;
Muita doação de amor e tristeza no coração...

Como pode ser isso?
Será isso?

Fiquei ali no meu canto acompanhando
cada movimento teu,
cada gesto, cada bondade.

Em meu peito brotou uma esperança e
em muitas horas, uma dor se foi,
tentando adivinhar teu coração
e vendo que o amor realmente não existe
e sim provas de amor em capacidades
de se doar, sem troca, sem recompensas...

_ Bom dia!

- Bom dia, senhor...

_ Gostaria de conhecer teu coração, posso?
- Como?
_ Isso, queria conversar com você e conhecer teu coração.

Um sorriso sem vontade respondeu minha pergunta.

- O senhor esta atrapalhando meu trabalho e aqui
não é lugar de falarmos de coração e sim
de cuidá-los.

_ Por isso mesmo quero conhecer teu coração,
já que sinto que precisa de cuidados ou no
mínimo de carinho.
_ Não leve a mal minha ousadia, mas
observando você trabalhar, senti que
esta triste e mesmo assim dando tanto amor
a essas pessoas.

- Amo essas crianças como amo a meus filhos
e pra mim dar amor e carinho não é obrigação
e sim um prêmio que recebemos em vida.

- Mas se o senhor estiver precisando conversar
posso passar em seu quarto mais tarde e
aí pode me dizer por que tanta dor em seus olhos...

_ Combinados então.
_ Espero você e vamos conhecer nossas fraquezas,
disse rindo me afastando.

Agora o tempo passaria mais devagar ainda.
Nada nos deixa mais inquietos do que falar
de amor, conhecer sonhos e esperanças.
Chamei um amigo e tentei com ele descrever
essa conversa que tive com esse coração
tão privilegiado, mas infelizmente, ele,
meu amigo, não estava muito disposto a conversas
e letras.

Por isso quem sabe um dia ele conte ao mundo
como se acha o "extraordinário" sem ao menos
dar-nos conta do imponderável...



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

R.Cássia disse...

Tantas coisas são "imponderáveis" em nossas vidas... Tantas são as desmedidas e muito pouco do "extraordinário", do maravilhoso, excepcional... Mas acontece sim, em muitos corações, tantos quanto o imponderável e o extraordinário possa permitir... Mil Bjks

nanci cerqueira disse...

Poeta, tuas palavras descreve uma pessoa com extrema capacidade de se doar, mas só acontece quando existe amor no coração, mesmo triste estas pessoas têm capacidade de dá amor e carinho, sem nada exigir! São os verdadeiros Anjos entre nos, a missão é acalentar corações mesmos estando com os seus partidos! Lindo teu poema!!! Parabéns!

Com tímida visão te observei dando amor.
Muito carinho escorria pela ponta de teus dedos
como dádivas plenas, mas
teus olhos, mesmo de longe,
pareciam tristes.

Controvérsia de vida;
Muita doação de amor e tristeza no coração...

Como pode ser isso?
Será isso?

...como se acha o "extraordinário" sem ao menos
dar-nos conta do imponderável...

O imponderável, temos que sempre analisar, está em nossa frente todos os dias, passamos sem perceber, ou às vezes não acreditamos nos nossos sentidos! Fantástico menino! Te beijo!

AMELIA disse...

Uma postura romântica frente a vida!!
Adorei!