Cole o Código do Banner

25 de dez de 2007

Visitando o Espelho da Vida


HOJE é dia de aniversário.
Quantos não nasceram e vivem do HOJE,
como ELE que acaricia tantos crentes corações,
pelo mundo à fora...PARABÉNS

Justamente HOJE ao acordar
pela manhã ainda chuvosa,
cerro os olhos uma ultima vez
e sinto que dores e amores,
ainda fazem parte dos HOJE
dos meus dias.

Ao fitar-me no espelho
sinto que definitivamente
o tempo passou.
Vejo que envelheci,
Vejo sinais dos longos
combates com o tempo perseguido.

Logo, rapidamente assume o ser racional,
fazendo-me consciente do presente,
que num lavar de face,
transporta-me ao tempo vivido e lembrado.

Visito minha adolescência,
minha puberdade,
minha juventude, meus sonhos
vividos e ainda existentes...

Repasso em segundos um passado,
"O PASSADO", que hoje mais que nunca
se faz reviver em suas lições e afagos.

Momentos de uma beleza única,
outras vazias.
Emoções perdidas.
Quanta emoção
desperdiçada pela pressa natural
de quem ainda tem muito tempo.

Momentos de ira,
rebeldia, até mudanças pelo firmamento
dos homens.
Teorias transformadoras,
com seus amores e desamores.
Sorrisos e lagrimas legitimas,
inocência não percebida,
sentimentos puros, impuros,
humanos apenas...

Ao escorrer a água pela
cerrada barba por fazer,
já vejo sinais da neve do tempo
que esta a chegar, salpicando meu rosto
como açúcar em doce,
nas bem vindas rugas da realidade.

No HOJE,
pele marcada, coração sitiado,
orgulhos esquecidos,
sinto-me ainda como o menino
que amadureceu no corpo,
na alma, menos no coração.

O passar dos dedos em meus cabelos,
um leve sorriso brota ao lembrar que
já estiveram compridos e desalinhados,
soltos ao vento das batalhas juvenis.

Vivo meus dias com intensa vontade.
Tento aprender com corações que encontro
pelo caminho, a preencher cada pedaço
dessa vida, mas HOJE sei,
que cada segundo se tornou
nobre, mais veloz e montando
em seu ritmo, busco a felicidade.

No HOJE sei amar e não só desejar.
Consigo perceber sentimentos,
separar tesão, paixões e amor,
que são, na realidade jovem,
maravilhosamente idênticos.

Ao secar minha face,
dou uma ultima olhada
no espelho da minha vida.
Faço um senão com o coração
e digo em voz alta, para o mundo
todo ouvir.

Mesmo nas saudades,
nas alegrias e tristezas,

temos que ter o coração sempre novinho,
para eternamente poder
dizer a todos os outros corações

que um dia nos aceitaram em seus sonhos,
que jamais deixaremos de poder dizer um
maravilhoso....


EU TE AMO...!




Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

7 comentários:

JEANINE disse...

Gostei....
Já me vi assim......
E a cada dia....vejo mais um ensinamento ao espelho...mais uma lembrança...
e a certeza de que o amanha..é amanha...e devemos viver o hoje...

Um beijo....
Também te amo!!

AMELIA disse...

Menino-poeta

Desta vez, você me fez espelhar suas palavras...já fiz isto, há bem pouco tempo, mas hoje, lendo este poema, meus olhos marejaram, por saber que dores e amores, não moram só em meu coração...
Sem palavras para discrever, o que senti ao ler
beijos

Luciana disse...

Hummm..
tem uma dorzinha aqui no meu coração!!!

Beijos e mais beijos

Janaina Castro disse...

Adoro todos os seus "escritos"mais esse hummmmm, bem legal, legal mesmo.
Bom final ano e que 2008 nos permita
tê-lo cada vez mais nos convidando para suas viagens fantásticas.

Adoro ler você


Beijo em todos.

R.Cássia disse...

Nossos espelhos, nossas almas, nossos desabafos... São sonhos, são vida, é o amor nosso de cada dia. Obrigada por compartilhar. Bjks

JEANINE disse...

Viver o hoje.....
Não esperar o amanha....
O tempo que se espera..não é o tempo certo....
O tempo..que se programa..não é o tempo certo...
O tempo é o hoje.....

nanci cerqueira disse...

Poeta, este espelho da vida é um maravilho filme rodado pelo tempo, sem direção nem produção, somos a nossa platéia hoje, só nós podemos bater palmas, o bonito deste filme e saber que nossos sentimentos continuam jovens, não mudamos de estação, não perdemos o pulsar do coração, continuamos a sonhar, podemos amar com mais sabedoria, com mais sentimento e mais aproveitamento, pois o nosso passado é a nossa biblioteca na qual pesquisaremos sempre nosso futuro, com visão e entendimento bem maior, que hoje não mais estudamos a matemática, entendemos com muita clareza que 2 mais 2 pode não ser 4. Fantástico teu poema, nos faz gostar mais das nossas marcas no espelho, sentir isso depois que li você! Parabéns terapeuta! kkkk

Ao fitar-me no espelho
sinto que definitivamente
o tempo passou.
Vejo que envelheci,
Vejo sinais dos longos
combates com o tempo perseguido.
...
No HOJE sei amar e não só desejar.
Consigo perceber sentimentos,
separar tesão, paixões e amor,
que são, na realidade jovem,
maravilhosamente idênticos.

Sentimos tudo com mais emoção, com mais sensibilidade nos instantes hoje vividos. Temos muitas vantagens... paciência, coerência, equilíbrio, visão e muita paixão! Paixão alicerçada pro Amor! Te beijo Rilton, com emoção!

Eu te amo!