Cole o Código do Banner

1 de mai de 2008

Voando Você....



Nuvens passam rápido,
seguidas de raios fortes,
com trovões abençoados pelos
deuses das alturas e dos ventos...

Vou correndo o céu,
sentindo o ar,
que frio,
faz meus pelos eriçarem,
quando do tom mais forte
dessa música,
que me segue nos vôos
perto de você,
quando te sinto pronta.

Onde ao buscar respostas,
encontro teus olhares,
que mesmo distantes,
indagam, solicitam de mim,
um sorriso,
um sim,
um aceno de paixão.

Puxo o manche de forma delicada,
dou no pedal dos Airelon's,
acordo os flaps para sustentar você
e desço rápido,
à esquerda, à direita,
sentindo a maquina responder plena,
como você faz ao tremer,
com leves ruídos,
antes de cerrar os olhos e
descansar do prazer em meu peito.

Nessas alturas, se deixarmos,
perdemos a rota e seguimos por
caminhos outros.
Esta na hora dormir.

Puxo teu cheiro mais pra perto
e ao percorrer meu corpo como
descarga forte de um raio,
viajo em você,
sentindo tua pele macia
a roçar meus lábios a
lembrar-me de como és
gostosa... rs

Acorda menina,
vem para os meus ares...

Ei menina!

Levanta o corpo e paira sobre mim.
Vem me fazer maquina.
Seja meu piloto automático
e brincando com meu manche,
já firme e teu,
faz-me obedecer aos teus
comandos de mulher.

Por mais, além do mais...

Sigo voando por teu corpo,
em algumas fendas de tuas carnes,
saboreando, que ainda finges,
não me sentir,
não me ver.

Fazes um leve desvio em teu corpo,
oferecendo a visão total desse
teu céu de brigadeiro,
que escondes do mundo e
que só pra mim o fazes amanhecer.

Sigo a vencer distancias e vontades.
Uma leve mordidinha em tuas asas,
e logo escuto o ranger delicado de
teus dentes, um ai... ai,
um aí mesmo,
um gostoso abrir de pernas e
um maravilhoso aceite vindo
do teu corpo.

Por mais, além do mais...

Segues lânguida em uma das estrelas
e em privilegiada e erótica posição,
segue a observar-me
sempre segura e altiva,
como que voando também
em meus sentidos e desejos.

A música acaba,
você me olha com espanto,
iniciando agora,
desinibida e cheia de manhas
teu vôo malicioso e sacana
por meu corpo, pronto
e com turbinas a full,
para uma nova aventura,
pelos céus, agora em fervura,
do nosso prazer...



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

R.Cássia disse...

Lindo vôo, deliciosa viagem... Bjks!

JEANINE disse...

Um Boeing 727....
Que espetáculo de viagem......

Nanci Cerqueira disse...

Poeta, enquanto existir seres humanos na face da terra, o Amor será cantado em prosas e versos! Teu poema é um encanto, nos faz viajar por teus ares, sentindo tuas emoções, nos dando prazeres imaginários com a realidade do sentir, cada palavras tua, tem o poder de focar e clarear os sentimentos e vontades de um coração! Falas do amor com elegância, tornando nobres todos os gestos e posições de corpos que se desejam... que se Amam! Parabéns Poeta!

Vou correndo o céu,
sentindo o ar,
que frio,
faz meus pelos eriçarem,
quando do tom mais forte
dessa música,
que me segue nos vôos
perto de você,
quando te sinto pronta.

Onde ao buscar respostas,
encontro teus olhares,
que mesmo distantes,
indagam, solicitam de mim,
um sorriso,
um sim,
um aceno de paixão.


Menino, tuas letras são ensinamentos! Teus poemas trazem mensagens claras das verdades do coração! O AMOR é o teu grande gancho para divulgar a simplicidade do teu viver! Do nosso VIVER! Fantástico poeta! Fantástico!!!

Te beijo... te beijo... te beijo... kkkk