Cole o Código do Banner

26 de jun de 2008

Nosso Tango


Primeiro um olhar,
quase cego.
Um saber de longe
o que teus sonhos ditam.

Salão cheio.
Melhor desse jeito.
Menos embaraço no desafio.
Lados opostos, lugares
nem tão distantes assim.

A musica é forte,
marcada, no ritmo do desejo,
da posse,
do tesão.

Piazzola ataca seu instrumento
e pelo ar soam notas de paixão.
Um Tango nos arrepia.
Uma vontade desperta.

_ Senhora, permita-me viajar
em seus braços?

- Como?

_ Deixe-me viver um sonho,
com os braços ao seu redor?

- Claro, dançar!!!

_ Não senhora, não sei dançar "O Tango".

- Mas...

_ Quero apenas rodopiar pelo salão.
_ Sentir o mundo girar em meus braços.
_ Colher, no final, essa rosa que adorna
seus cabelos, beijá-la e sentir o sabor
de seus pensamentos proibidos.

_ Vamos...

O som dos outros casais se apaga
ao tomá-la pela cintura e trazê-la,
como se minha fosse.

Sua mão, ainda fria,
suava surpresa, apertando
com vigor meus dedos,
que malandros, se apossavam
de suas cadeiras com suavidade
e decisão.

No primeiro roçar de coxas,
um lábio registrou o toque,
ao entreabir-se espantado
com a boa sensação.

Rodamos, rodopiávamos,
quase imóveis.
Sem darmos um passe sequer,
apenas nos sentindo,
deixando-nos levar por
aquela deusa da sedução.

Não uma "musica",
mas um argumento de paixão,
que soberano preenchia
nossos corações.

O último acorde foi dado e
como prometido roubei-lhe a Rosa.
Beijei-a com carinho
e devolvi-lhe a razão.

_ Foi um imenso presente senhora.
_ Obrigado.

- Mas o senhor pegou minha Rosa.
- Pode devolvê-la?

_ Agora ela me pertence senhora,
mas posso trocar por um beijo.
_ Aceita?

Agora,
Já outras musicas ecoavam no salão.
Outros corações, outra realidade
virtuava em nossos sentidos.

_ Um beijo pela Rosa, senhora,
é justo?

- Mas senhor, nem nos conhecemos bem.
- E a naturalidade?
- Não precisamos dela?

Não senhora,
é apenas um "nosso" maravilhoso "Tango Virtual".



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

6 comentários:

JEANINE disse...

Vou fazer meu comentário...hj a noite...com uma taça de vinho...ao som do Tango...
Aguarde...

Debora disse...

Os embaraços desafios na hora da dança fazem parte: do rítimo das notas,até dos descompasos munidos pela emoção de dançar.O aperto na cintura na hora de dançar, marca de notas musicais,que uma vez memorizadas jamais esquecidas.
O beijo, sempre quando um tango dançado será roubado junto com a rosa nunca devolvida pois na alma da senhora ela já foi esculpida.

nanci cerqueira disse...

Poeta, maravilhoso este Tango... maravilhoso!!! Mesmo não sabendo dançar, tuas palavras dão asas a minha imaginação, leveza ao meu corpo, me fazendo rodopiar, sem nem um passo dar!!!kkk Fantástico este mundo dos desejos e da paixão! Onde nos dá poderes de viver com força o que o coração sente, as palavras juntas tornam reais... o que se vive a sonhar! Parabéns menino... Teu poema é sedutor... Você é encantador!!!


Primeiro um olhar,
quase cego.
Um saber de longe
o que teus sonhos ditam.

A musica é forte,
marcada, no ritmo do desejo,
da posse,
do tesão.

Piazzola ataca seu instrumento
e pelo ar soam notas de paixão.
Um Tango nos arrepia.
Uma vontade desperta.


Dançar... é celebrar a vida! É alegrar a alma! É fundir as energias! Quando amamos, a energia do amor faz numa dança as áureas terem a mesma cor!

Parabéns menino encantador! kkkk

Te beijo

MD disse...

NÃO ENCUCA NÃO, MAS VOU TE CONTAR UM SEGREDO.

............................X................

Meu mundo era um freezer só

Vivia congelada de tudo

Vivia no escuro e me escondendo...


Eu não vivia...( 32 anos )

Não gozava...



Até que um dia "O POETA" surgiu

Me tocou...

Seduziu...

Me lambeu...

Me comeu...



O gelo virou fogo rápido

O grelo pegou fogo e acordou

Virei manteiga mole e gostosa

Derreti totalmente e gozei...


Lendo teus poemas

seu poeta malvado.

Te procurei no mundo

e soube que és dos grandes.


Te busquei no orkut e vi tua cara.

Li tres poemas teus seguidos

Virei manteiga de garrafa...

Desculpa cara, mas você me enche de tesão DEMAIS.


Meu nome é MD de Manteiga Derretida ...

E basta

R.Cássia disse...

Dançar é uma viagem deliciosa... Um tango então... Bjks

Giulia disse...

Lembra disso:

Amor verdadeiro é aquele que a gente nunca esquece,
Amor verdadeiro é aquele que marca desde o 1º olhar,
Desde o 1º beijo,
Desde o 1º abraço,
Desde o 1º toque,
Desde a 1ª transa
E até mesmo, desde a 1ª briga...
É aquele que faz questão de estar presente

Volta pra meu amor....FAST!

Mil beijos