Cole o Código do Banner

8 de jan de 2009

Seduzindo o desejo...



Hoje é noite de sedução...
Hoje quero fazer carinhos,
dengos e gostinhos...
Hoje sinto que tenho que te dar tudo
e por tudo, te entrego meus desejos...
Hoje quero provar de minha língua,
após ela conhecer teus cantos...
Hoje sinto que terei uma noite de
conquista total...

Hoje, à noite é só tua.

Estas ligada,
absorta em teus propósitos.
Sentada no bar, buscas olhares,
queres seduzir, queres ser mais.

E...

Num movimento mágico,
você cruza tuas pernas.
Logo meu olhar percorre mil distancias
e te alcança em tua avenida quente,
imersa em mistérios.
Aberta para o amor,
disposta a se dar, a provar loucuras.

Teu olhar fulmina o meu.
Colocas, com a graça das belas anjas,
os dedos em tua boca faminta.
Provocando esse homem,
que te come com olhos de lobo
e vontades de menino levado.

O tempo esquenta.
Gotas de teu perfume natural
escorrem por entre teus seios.
Teu cabelo, agora brilhante,
sobrevoa minha imaginação,
minha libido, minhas vontades.

Determinada,
colocas uma pedra de gelo
na boca e não a suga,
mas beija-a com sofreguidão.
Para logo depois, passá-la pelo corpo,
fazendo escorrer sucos e vapores
de pura satisfação.

Ainda me olhas fixo.
Nenhum músculo de teu rosto,
indica qual será teu próximo
passo.

Não desviando um milímetro,
teu olhar me deixa tonto.
Submisso a tua vontade de
mulher.

Passas a língua por teus lábios carnudos.
Querendo o amor de um estranho.
Antecipando orgias de corpos,
de jeitos, de total entrega.

Hoje é noite de se deixar levar.
Hoje tem momento marcado para a
sensibilidade.
Hoje, não quero mais ser caçador.

Por isso,
hoje mulher,
vou te conquistar,
deixando-me seduzir por ti.


Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

R.Cássia disse...

Que delícia!!!
A beleza e maestria com que vc descreve cada gesto, momento, sensação... Excitante!
Bjks!!!

Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tania Medeiros disse...

O POETA SEGUNDO O POETA:

"É um vagabundo de alma boa,
que invade corações carentes
fazendo-os rir por momentos
e chorarem nas realidades."

Discordo que só toque corações carentes, diria que tocas corações sensíveis ao belo, ao excitante, ao ousado.

Nestes versos vc se excita e nos excita, nos faz viajar num mundo mágico do prazer, da delicia ...

E quem, mesmo os não carentes, não daria uma vida por momentos tão fortes e intensos de verdadeiro conhecimento dos sentidos, do inimaginável do nosso corpo?

Te beijo sempre!
Tania