Cole o Código do Banner

15 de jan de 2009

Indispensável Carinho...



Quem diria,
de repente,
aprendemos a flor das coisas,
o recato das meninas,
o amor em hiato,
uma saudade danada de boa... real.

Que dizer em amor ou ternura?

Como preencher,
corações com amor,
esse,
vagabundo coração apaixonado,
eternamente por um teu,
sentimento,
sem dor...

Maria, Joana,
Carla, Teresa
ou Cinthya,
meninas frescas,
indóceis meninas.
Em sendo balzaquiana no amor,
usando e regando meu caminho,
sempre, riscando de vez,
os jovens desvios do amor.

Li teus recados.
Saboreei tuas palavras ternas.
Provei da presença de tua foto.
Suspirei em teus encantos.

Andar por corações,
querer correr junto a teu sangue,
provar de tuas ânsias,
me fez perdido e
como homem,
peço perdão,
por não saber te amar,
ainda mais.


Creative Commons LicenseEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

Tania, ENCANTADA disse...

Ao homem Rilton, ao Rilton poeta ...

"Li teus recados.
Saboreei tuas palavras ternas.
Provei da presença de tua foto.
Suspirei em teus encantos."

... faço minhas estas tuas palavras.

"Indispensável carinho" ... é recíproco!

Pode ser que mesmo com teu chamado tuas meninas não te responderão como desejas ... mas são as tuas meninas eternamente, te amam eternamente, e também necessitam do teu amor eternamente!!!

"Pedimos perdão por não saber te ENCANTAR ainda mais"!
.
Te beijo com amor.

Tania

R.Cássia disse...

Tua presença é marcante e marcada em inúmeros corações... A ferro, fogo e como brasa viva, queima e arde em carinhos, chamegos e sonhos... Mil Bjks!

Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.