Cole o Código do Banner

13 de ago de 2009

Letras Poucas...



Menina de Natal,
hoje em especial, queria escrever você...

Mas nem imagina como é fácil e por assim ser,
tão restrito, tão sentido... é.

Estranho ser você e não conseguir em letras, te homenagear...

Realmente não consegui!!!

Tentei caneta em folha limpa e branca,
escrevi e apaguei, reli e achei pouco.
Retornei, voltei a escrever e mais uma vez rasguei,
matei letras...
Gastei todas as folhas disponíveis e nada...

Voltei a pouco, só por ser você.
De tantas letras juntar, riscar, apagar, volto a tentar expressar o que és,
o que sinto, o que nos inspiramos...

Coisa de doido, insana constatação...

É tão fácil ter você no coração...
Gostar de tuas palavras e atitudes...
Aprovar tuas rebeldias que poucos sabem...
Provar de tuas inquietudes...

Fica difícil resistir,
reconhecer como você me inspira,
mas que em palavras simples como as minhas,
muito pouco consigo expressar.
Posso dizer que não és apenas uma amiga,
ou mais uma das meninas, que fazem de minha vida um jardim de rosas, margaridas e beleza.

Vejo-te como força...
Sinto-te alegre...
Colho-te lágrimas de coragem...

Por vezes nos meus céus, meditando o infinito,
algumas amigas nuvens me segredam que andas triste.
Outras noites, estrelas, das mais brilhantes,
confessam-me ter roubado um pouco de tua luz.

Sinto muito minha menina de Natal e da virtude.
Mesmo não podendo, hoje, tocar-te à face,
beijo-te com amor, carinho e admiração.

Sim ... há pessoas que são indescritíveis por serem plenas...

Garanto que tentei falar com teu coração, mas o meu carrega teu amor e amizade, logo são íntimos demais para precisarem de palavras ou letras...

Mas fica triste não, essas letras foi o que pude juntar.
Não fui capaz de dizer tudo o que consegues ser de luz e caminho.
Se for pouco, perdoa, mas é com emoção e felicidade,
que te desejo mil anos de amor e sorrisos da vida.

Parabéns TÂNIA!!!



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

4 comentários:

Tania - "Menina de Natal" disse...

Rilton
Neste momento que acabo de ler ...
só emoção transborda em meu
peito ... e expresso em
lágrimas ... afff que lindo!!!!
Neste momento só posso te dizer: OBRIGADA!
Te beijo!

R.Cássia disse...

Bela homenagem!
E que BELA pessoa a homenageada!
Meu carinho e milhões de Bjks Taninha!
Felicidades sempre!

Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tania Medeiros disse...

Rilton

Estas letras me dão a exata noção do carinho que devotas a mim, assim como o faz a todas nós.

E neste verso:

[b]Por vezes nos meus céus, meditando o infinito,
algumas amigas nuvens me segredam que andas triste.
Outras noites, estrelas, das mais brilhantes,
confessam-me ter roubado um pouco de tua luz.[/b]

A certeza de que tua atenção pode em algum momento estar conectada a mim, como acontece comigo muitas vezes em relação a ti.

Vc não imagina como foi maravilhoso receber estas tuas palavras... este teu carinho. OBRIGADA!!!

A vcs Ritinha e Nanci, saiba que estar com vcs é um previlegio sim, mas eu sou a previlegiada!

Beijo vcs!

Beijo com carinho e com sabor de brigadeiro este meu poeta lindo!!!