Cole o Código do Banner

18 de abr de 2011

É o que é ... Paciência.


Quando surgiste, uma luz de alerta acendeu minha
razão.
Poderias vir minha ou eu seria apenas caminho, fuga,
saída para tuas circunstancias...

Tudo começou entre um recado e um e-mail de confirmação,
prefixo de jogos, que escondia promessas.

Passei a experimentar pouco a pouco os mistérios que omitias,
que escondias em teus jeitos e trejeitos de paixão.

Ao notar tuas pequenas reações,
percebi que eras muito mais do que dizias viver.
No olhar te alcancei meias verdades,
no decote, no colo imponente, nas costas acostumadas
as rápidas seções de submissão,
flagrei-te exposta aos desejos de momento.

Ignorando a razão, parti para revelar
tuas entranhas, teus segredos, teus desejos
saciados nos momentos de sorte e fugas.

Fazendo-te minha,
meu desejo correu o zíper de tua "falsa inocência"
pelos terrenos inacessíveis de "tuas "vergonhas.

Em minha boca, a nervosa saliva molhou teus mamilos
acostumados a muitos hálitos, textura e sabores.
Um prólogo de amor na espera da verdadeira intimidade,
fez de você mais transparente, sentir-se a maior das
verdades dos enganados.

No momento exato, quando me olhaste
com aquele olhar de costume e realidades,
fiz com que estimulasses todas as tuas fantasias,
acendendo teus sinais do cio,
deixando atrás o temor de te mostrares real.

Fechei os olhos na fenda da verdade,
senti-me discretamente exposto,
mas a razão apoiou o coração e mandou você
viver tuas verdades...


Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

Yasmim disse...

Lobo em pele de menino, perigoso em todas as tuas viagens, em todas as tuas provocações....demais

Beijo homem lindo, saudade de nossas conversas e das cositas a mais tb....rs

Você continua lindo de tudo, te vi em SP no mês passado, mas vc nem parou pra me dar um beijinho apenas.

Mas não desisto.....

JEANINE disse...

QUE DELÍCIA TE LER ASSIM...
TÃO VULNERÁVEL....
QUE DELÍCIA TE TER ASSIM....
QUE UM DIA...UM DIA EU POSSA SENTIR ESSA SALIVA ASSIM....
FICAR EXPOSTA....AS "MINHAS" VERGONHAS..RSRSRSR...
AI..RSRRSRSRR......COMO QUERIA....UM HOMEM COMUM ASSIM.....

Ana Claúdia disse...

Poeta, meu amor...
Quem omite não ama.
Fique certo disso.

Um milhão de beijos.