Cole o Código do Banner

29 de ago de 2007

Como vai você...?


"Como vai você?
Eu preciso saber da sua vida..."

É sério, por onde anda teu coração?
Me diz dos teus sonhos, vaidades,
dengos, noites mal dormidas,
pensamentos gloriosos, arrepios no banho...

Enfim menina reabre tua alma pra esse poeta,
que mesmo de longe, ainda tem chamas tuas
a queimar seu coração.

Estou sendo indiscreto?
Será?
Já esquecestes quando ainda sem jeito dizias;

_ Prazer, tudo bem com você?

Quero dividir tuas noticias de manchete.
Posso e devo participar de tuas duvidas no amor.
Continuarei te dando puxões de orelha.
Terá em mim, um amigo, um amante,
quem sabe seremos até um sonho.

- Como esta você?

Faz tempo que não mencionas teus filhos.
Gosto deles mesmo sem conhecê-los,
são teus, basta.

E o marido, ainda bem e com saúde?
Claro que cuidado por você,
é um homem de sorte.

Minha menina, nunca chorastes em meu ombro,
mas em alguns momentos senti tuas lagrimas
em minhas letras e em teus desejos de vencer
distancias e rotinas.

Vamos combinar,
nada de muita distancia entre corações.
Não é assim que alimentamos coisas boas.

Então menina-princesa...

Combinado esta, que serás feliz.

Claro deixa disso.
Sou um homem de sorte também,
tenho você em minhas palavras
para o mundo todo sentir ciúmes
e também no meu coração,
para que só nós dois,
eu e ele, sentirmos orgulho
de pertencer um pouco que seja,
de tua vida.



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

7 comentários:

Amelia disse...

Lindo poema!
Um misto de amizade e desejo, preocupação e admiração!
Parabéns poeta!

Elãine disse...

Que linda poesia! É um misto de sonhos, dengos, carícias,amizade e amor!
É como sentir seu ombro a proteger de todas as tristezas e distâncias da vida.
É como sentar , de manhã, na mesa do café , e conversar; os sonhos, o resultado do futebol, as pirraças, os desejos de sucesso de quem amamos e principalmente o sorriso... de cumplicidade que só Fascinação dos verdadeiros sentimentos permitem.. É como , se através das palavras fizesse parte de sua vida. E assim sentir-se viva...
Linda demais! Apaixonante!
Em tempo, a foto está perfeita.

R.Cássia disse...

Nem sei dizer o que foi melhor, ler tuas palavras ou ouvir o sax perguntar..."Como vai você?"
Fazemos parte de um mundo (virtual), no qual muitas vezes encontramos perguntas e respostas em pequenas frases, em pequenos trechos, ou apenas em uma única palavra, basta estarmos em sintonia...Gostei do seu texto poético e da sensibilidade do poeta. Bjks

JEANINE disse...

Poeta...
Se todo homem soubesse escrever o que seu coração um dia sentiu...ah..poeta...não haveríam Jeanines virtuais...Marias virtuais...Anas virtuais....
Nós, tuas meninas...somos o retrato de tuas palavras...a descrição dos teus desejos...o eterno por que da distância de corações tão iguais...

Vilma disse...

Poeta...
Adoro seus poemas, mas gostaria muito que prestigiasse as mulheres maduras, nós também nos apaixonamos, temos sonhos,desejos..........
Bjo no coração.....

Anônimo disse...

Oi ...dei uma passadinha por aki...gostei muito!!!bjus poeta!!!

nanci cerqueira disse...

Poeta, quando sentimos vontade de fazer esta pergunta, é porque nos preocupamos com este ser, ele faz parte da nossa vida. Ouvir está frase "Como vai você?” Passamos acreditar que não estamos sós, existe alguém que gostaria de ouvir nossas manchetes mesmo sendo dramatizadas, mas como é raro, aprendemos a não dramatizar nada e resolver tudo. Quando existe sentimento, a vontade de saber como vai é constante, isso é bonito, queremos saber os mínimos detalhes, sempre!!! Lindo teu poema!


"Como vai você?
Eu preciso saber da sua vida..."

É sério, por onde anda teu coração?
Me diz dos teus sonhos, vaidades,
dengos, noites mal dormidas,
pensamentos gloriosos, arrepios no banho...

Enfim menina reabre tua alma pra esse poeta,
que mesmo de longe, ainda tem chamas tuas
a queimar seu coração.

Estou sendo indiscreto?
Será?
Já esquecestes quando ainda sem jeito dizias;

_ Prazer, tudo bem com você?


Quando amamos sentimos tudo, mesmo longe. O amor nos dá uma sensibilidade maior, nós abre o terceiro olho, aflora percepções antes desconhecidas! Como uma mulher quando inicia a gestação, todo seu organismo se prepara para proteger o feto. O amor é assim, tudo é preparado pra proteger o coração!!! Kkk Parabéns poeta!!! Te beijo