Cole o Código do Banner

1 de ago de 2007

Picada com amor...


Hei você!

É, você mesma...

Não posso deixar que siga
sem me perceber...

Não estranha não...

Tô com sintomas de saudade!
Estou pensando muito em você...

Tens medo, mas porque?

Tenho ares de serpente,
mas em casos de amor,
sou as que só tem veneno
no olhar...

Não importa todo mundo...

Só eu sei do que eu preciso!

Por isso, dona moça,

olha pra mim, pois preciso

te dar uma picadinha,
só uma, desse meu amor...



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

5 comentários:

El�ine disse...

Picadas de desejo, veneno de sedu�o. Como n�o sentir-se hipnotizada pelo sonho do olhar?
Perfeita simetria. Amei!

poemas disse...

POeta!Vc está cada dia mais sedutor e seus poemas... hummmm.
Picadas todas nós somos de alguma maneira,mas a picadinha de amor deve ser tudo de bom! rs
Parabéns pelo poema envolvente,sedutor e expressa um desejo,um querer,com uma pitadinha de vaidade,do não querer ser esquecido e se tornar mais um na multidão!
bjins para vc...

Amélia disse...

Picadas...gostosas, sedutoras, ardentes de paixão!!!
São boas, são reais!

ana wagner disse...

Picadinha de amor...hummm gostoso esse teu estilo sensual. O anterior vc já sabe né ( a foto rs) Sempre bom te ler Rilton, menino poeta! beijos

nanci cerqueira disse...

Poeta, kkk fui contaminada por este olhar, atingindo meu coração e meus pensamentos! Pensamentos que roubas constantemente, me deixando em estado real de saudade!!! Mas me faz muito bem kkk!!! Lindo teu poema!


Tô com sintomas de saudade!
Estou pensando muito em você...

Tens medo, mas porque?

Tenho ares de serpente,
mas em casos de amor,
sou as que só tem veneno
no olhar...

Olhar pra você é sonhar, sonhar!!! Queria permanecer nestes sonhos sentidos, kkk a vida é bela! Estamos nela! Parabéns menino, nos faz viajar!!! Te beijo