Cole o Código do Banner

8 de ago de 2007

A razão e o coração...


_ A dona razão, como sempre querendo
ter razão comigo, o coração.
_ Por isso, sem razão ou com ela,
vamos discutir nossa relação.

_ E ai dona razão...?

- E ai, não sei?
- O amor...

- A pessoa fica toda boba.
- Quando se ama de tudo se esquece.
- Não consegue mais nem pensar.

_ olha aqui, eu como coração,
posso te dizer por experiência própria.

- Diga lá, dengosinhoooo...
- hihihihihihi ... !!!!

_ E não é bom estar sempre apaixonado, amando?
_ Tem que deixar a vida nos levar.

- Para com isso.
- Se deixar levar?
- Você quer dizer, chorar, sofrer, se machucar.

_ Não... espera, que coisa ...
_ Por que sempre chorar, se magoar?
_ Amar pode tudo, até ajudar.

- Ajudar, mas como, se tudo fica mais difícil de encarar?
- Se cada apaixonado nem mais é dono de suas vontades, de si mesmo?
- Fica dependente do outro.
- Ajudar, tá doidinho, o bonitinho.

_ Sem essa.
_ Nada disso.
_ Estar amando é bom...
_ Eu acho demais quando meu dono está apaixonado,
totalmente entregue.
_ Ele dispara a falar, cantar, até ri para todas
as lobas da noite.

- Tá certo...
- Não falo que quem ama é bobo, bobinho?
- Nem que fica rindo horas com a lua e gargalhando para as estrelas...
- Não me faça chorar de tanto rir.
- Me diz uma coisa, aqui e agora, sem titubear.
- Você é capaz disso, de amar de verdade?
_ Duvido, meu lindo.

E com um olhar matreiro, a boa e amiga, dona razão,
sorri.

E o coração, a essa altura, muito doido no seu bater,
totalmente disrritimado, segue a viver da emoção.
O dono dele, agora esta até escrevendo, dançando com as palavras,
brincando e pulando, sacudido freneticamente dentro de um peito,
mais vivo e mais feliz que nunca,
segue sorrindo.

Dona razão fica meio de longe, olhando sem dizer palavra.
Ela é teimosa demais pra dar a mão à palmatória,
mas se pega pensando:

- Será que está certo, esse coraçãozinho mais gostoso do mundo?
- Na minha vida nunca tem emoção.
- É sempre a tal da pura razão.

- Então, quer saber, vou é tratar de pegar de uma vez esse coração
pra mim, vai que eu me apaixono mais por ele
e perca toda a razão...

- Vem cá, meu coração, que a minha razão bate por você...


Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

4 comentários:

R.Cássia disse...

Gostei! Coração e razão, juntos pela felicidade...Linda história. Bjks

poemas disse...

Lindo Poema! Querido.../
Não acredito que neste coração de poeta tenha lugar para rancor,e só gênio,briga entre a razão e emoção,mas ambas chegaram a um consenso.
Que Bom!
bjos

Amelia disse...

Que pena, já havia comentado, mas não sei o que houve.

Entre a razão e o coração, fico com toda a razão que tem o coração!

Gostei muito do diálogo,sutil e inteligente!
Parabens, beijo

nanci cerqueira disse...

Poeta, esta conversa é violenta quando travamos, digo por experiência própria kkkkk, é preciso que o coração esteja cheio de amor, pois o amor dá a ele argumentos fortes pra derrubar as armadilhas da razão, mas não é fácil o coração sair vencedor, a razão violenta os sonhos, proíbe a imaginação, te bota no chão, mas o coração tem uma aliada forte, irreverente, as vezes prepotente kkk que é a paixão. A paixão enfrenta a razão, fazendo ela se ver menina, absorvendo o que viveu, sem ter medo de viver!!! Fantástico!!!


E ai dona razão...?

- E ai, não sei?
- O amor...

- A pessoa fica toda boba.
- Quando se ama de tudo se esquece.
- Não consegue mais nem pensar.

_ olha aqui, eu como coração,
posso te dizer por experiência própria.

- Diga lá, dengosinhoooo...
- hihihihihihi ... !!!!

_ E não é bom estar sempre apaixonado, amando?
_ Tem que deixar a vida nos levar.

- Para com isso.
- Se deixar levar?
- Você quer dizer, chorar, sofrer, se machucar.
...

- Vem cá, meu coração, que a minha razão bate por você...

O amor ajuda quando ele não é egoísta. Quando o sentido é crescer, melhorar como seres, elevar a alma, projetar pra felicidade o máximo, ai a razão se curva!!! Minha razão está de joelhos kkkk Lindo teus pensamentos falados!!!
Parabéns poeta! Um beijo