Cole o Código do Banner

16 de jun de 2008

Agora assim...!


Ouvindo essa música...

Aspetta...

Ok.........................?

Agora sim!

Segue agora comigo meu coração.
É bonita a emoção que toca a lembrança,
o presente, um futuro rsrsrs.

Te gosto muito assim menina.
Queria ser teu cavaleiro andante,
montado em tuas fantasias radiantes,
vestido em uma armadura repleta
de certezas e prazos.

Uma lágrima, sem hora,
busca molhar meus olhos,
engasgar as letras que agora
quero combinar, tentando dizer
do amor, qualquer amor,
desde que tenha conhecido esse coração.

Sei que pode parecer desamor,
mas não é.
É um amor enorme pela vida que
pode se esvair num toque de mágica.

Minha sensibilidade se faz presente
em você.
Você que nem nome posso dar.
Você que me fez praticar loucuras.
Você que viveu comigo,
esse tempo vasto em minhas caminhadas.

Estranho é falar de vários amores,
mas a estrada é feita disso.
Sou comum, mas com uma sorte de anjo.

Conheci você,
tive vocês,
de algumas fui rei,
de outras passagem.

Mas enfim, é assim que corremos em busca
da entrega.

Romântico?
Sim, claro que sim...

Gosto de viver de amores,
sim, o que seria de mim,
se vivesse de arrependimentos
por não tentar o prazer,
o atrevimento com outro coração?

Nada de minhas letras aqui é conformidade
ou desabafo efêmero de uma nostalgia.
Minhas palavras apenas agradecem
aos corações pacientes
que cruzaram o caminho,
uns com medo,
outros seguros,
alguns atrevidos,
vários tímidos,
do meu coração.

Nada mais importa do que lembrar você...

Teus cabelos.
Teu sorriso.
Tuas pernas.
Teus seios.
Tuas expressões.
Tuas vontades.
Teus medos.
Teus vértices.
Tua coragem.
Teu apoio.
Tua bronca.
Teu afago.
Teus murmúrios.
Tuas manias.
Teu sangue correndo quente em minhas veias,
em um amor... nesse amor.

Na plenitude que ainda me resta,
digo firme com os que amam.

A vocês, que...

Ao caminharem junto.
Ao sonharem de mãos dadas.
Ao sentirem as dores por alguém.
Ao destino amor.

Obrigado!



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

4 comentários:

Debora disse...

Rilton,nem sei o q dizer...estou estática com tamanha beleza!!
LINDA! suas palavras...LINDA! suas palavras... LINDA! suas palavras...

nanci cerqueira disse...

Poeta, ...Eu não sei onde encontrar você/Eu não sei como procurar você/Eu ouço sua voz no vento/Eu sinto você sobre minha pele/Dentro do meu coração e da minha alma/Eu espero por você... Teu poema, tua emoção nestas palavras construídas, juntadas, junto com o sentimento transmitido e cantado por Lara, é algo que nos emociona muito, é a certeza que nesta vida o que vale é o AMOR! Nascemos pra amar, com força, com plenitude, nada mais importa como dizes, o amor constrói nossas historias! Todas as mulheres sempre sonhou com um cavaleiro andante, sei que és um lindo cavaleiro com armaduras chispastes! Teu poema é algo de sublime, cheio de ternura, cheio de emoção e verdades das almas! Parabéns!!!

Agora sim!

Segue agora comigo meu coração.
É bonita a emoção que toca a lembrança,
o presente, um futuro rsrsrs.

Te gosto muito assim menina.
Queria ser teu cavaleiro andante,
montado em tuas fantasias radiantes,
vestido em uma armadura repleta
de certezas e prazos.

Uma lágrima, sem hora,
busca molhar meus olhos,
engasgar as letras que agora
quero combinar, tentando dizer
do amor, qualquer amor,
desde que tenha conhecido esse coração.

As palavras sentidas são como as notas musicais... infinitas! Por mais que usadas sejam, mas os sentimentos são sempre novos a cada instante, a cada sentir, podemos até pensar que não saberemos dizer o que sentimos, pois tudo já foi dito, mas quando eles se manifestam, saem como um filho, nascem com vigor, com força e alegria, da nossas profundezas, com ternura, livres, Senhores do mundo... assim são teus poemas! Senhores do Mundo! E do teu sentir!!! Parabéns menino de coração grande, que transborda e contamina! Fico muito feliz em sentir você! Te amo muito poeta!

Te beijo com carinho... aplausos de pé! Bravo... bravo poeta!

JEANINE disse...

"Conheci você,
tive vocês,
de algumas fui rei,
de outras passagem"

De todas..foste nosso HOMEM..o homem desejado...como um Cavaleiro de armadura sim...um cavaLHEiro em cavalo branco...
Com flores.....e um doce ar de mistério....

R.Cássia disse...

Instigante "desabafo" de agradecimento, incrível magia de "dar rosto" às palavras. Parabéns! Bjks