Cole o Código do Banner

21 de jun de 2008

É muita maldade menina...!


Muita maldade menina.
Mandas o vídeo e
nem pensa em como
eu poderia ficar.

Te vejo em algumas fotos,
me vejo dentro de você,
tendo nossos momentos
relembrados,
revividos,
distantes.

Muita maldade menina!!!

Meu coração não é mais o mesmo,
o tempo passou.
As chuvas varreram
para o impossível nossas juras,
nossas brigas,
nossos momentos.

Sem mais,
apareces e logo vai tomando
um espaço que não é mais teu.
Vens como fada na intenção de loba.

O que queres de um velho coração como o meu?
Já não suporto paixões como a nossa.

Lembras das loucuras,
em que, como insanos,
nos fazíamos um só
e tu,
sim tu,
me dizias coisas que me deixavam louco,
submetido aos caprichos do sexo,
da carne, do teu amor?

Sei que estas longe,
logo ali na esquina
de minhas melhores lembranças,
então, fica por lá.
Não apareça agora em meu caminho,
não suportaria te deixar mais uma vez.

Você continua loba,
linda,
gata selvagem,
mulher de caricias,
em noites eternas,
com sussurros contidos
e gozos repetidos.

Pensa que é fácil não te comparar?
Pensa que sexo,
entrega e fome,
se encontram em cada vontade,
em todo coração por ai?

Muita maldade menina!!!

Lembro do que aprontamos
naquela apertada sacristia,
onde o sim da noiva fez eco
aos teus "sins" de quero mais.
Do quero gozar,
por todos os amores do mundo,
dizias linda,
segurando a barra do vestido,
sentada em meu colo,
que louco e como tu,
tremia como coração de virgem,
na primeira vez... rs

Eu sei que dava corda as tuas loucuras.
Tu sabes que me acompanhavas em minhas viagens.
Mas hoje menina,
lembrar tudo aquilo,
reviver essa musica,
te ver nas fotos,
maravilhosa e com fome,
nos ver fazendo...bem,
é melhor nem falar...


É muita maldade menina!!!



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

4 comentários:

R.Cássia disse...

Maldade é não viver insanamente momentos extremos de paixão, volúpia, tesão e desejos... Maldade é simplesmente não ter lembranças de um "dado" momento... Parabéns! Bjks

JEANINE disse...

Meninas más....
Essas tuas meninas e seus momentos...Cada uma com a sua lembrança..de um certo dia..de uma certa hora....
Para quem tu um dia escreveu..uma certa lembrança...
Meninas más...concedem à homens comuns..dias a mais....

nanci cerqueira disse...

Poeta, eu sempre achei que a fotografia é a realidade do passado no presente, teu poema confirma esta minha concepção, e é sempre bom reviver o que de bom se viveu, mesmo com toda esta maldade desta menina! Tuas palavras nos fazem sentir teus sentimentos guardados com tanto carinho! A vida bem vivida sempre será recheada de lembranças boas! Parabéns poeta!

Muita maldade menina.
Mandas o vídeo e
nem pensa em como
eu poderia ficar.

Te vejo em algumas fotos,
me vejo dentro de você,
tendo nossos momentos
relembrados,
revividos,
distantes.
...

Maldade é esquecer o que se viveu com tanto amor e carinho!

Te beijo

Adri Salles disse...

Muito Lindoooooooo.........
O quanto fica "Sem Sentido" a Vida vivida assim sem Maldades Maravilhosas como estas... Lembranças que nos enlaçam e re-despertam a ânsia de Querer mais... de Amar mais... de Entregar-se mais... mais... mais...
Feliz de quem PERMITIU-SE Viver estas Loucuras Insanas... Inesquecíveis... Sábias...
Parabéns por tamanha Sensibilidade... Você me Emociona!!!
Carinhosamente... Te Beijo...
DRi***