Cole o Código do Banner

13 de dez de 2009

Um sorriso na chegada...



No instante aquele.
No momento crucial.
Aquele suspiro reaparece.
A vista fica curta pela distancia...

Na lágrima corre a dor.
Um tremor súbito percorre a espinha.
Um sorriso desmaia na boca entreaberta.

Alguns, são talvez.
Outros, definitivos semblantes gêmeos.
No adeus, dito de cor, como recado de coração,
brota sangue no peito,
com a morte do órgão arrancado.

A esperança viva cabe no peito habitado
por amor.
Nela existe a certeza que entre a chegada
e a partida existe lembrança,
de uma vida em comum.

No exato tempo entre a partida e a chegada,
renasce a vida ainda não vivida.
Tempo incomum para quem ama,
distancia solta no caminho do intervalo.

A vida é feita de chegadas e partidas,
por isso, meu amor, quando eu partir,
guardarei para ti, o sorriso,
que existe em cada chegada.

Numa partida, lágrimas são apenas perdidas...

...Chora não !!!

São emoções de um momento preciso,
antes do final, eternamente juntos.



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Um comentário:

Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.