Cole o Código do Banner

19 de jun de 2010

Voa menino...



Ainda ontem ou outro dia próximo,
ao sobrevoar montanhas, escarpas,
estradas e caminhos conhecidos,
conversei baixinho com o coração,
segredando opções,
despertando esperanças adormecidas,
sugerindo emoções...

Voa...
Voa menino, segue tua pulsação e cria mais para o amor.

Voa...
Nada mais pode te impedir de ganhar outros céus.

Voa...
Vai, sente o ar sem o peso de teu destino passado.

Voa...
Que com essa força que ainda levas, nem de asas precisarás.

Ta certo...
Sei não ser fácil chutar ao mundo circunstancias.
Mas ainda tens o direito da conquista,
da plena descoberta dos céus, das montanhas,
dos olhares da mulher.

Voa, escapa verbalizando qualquer grito reprimido
nas entranhas dos deveres, dos princípios, das promessas.

Por ai, nelas e com elas,
ainda há pedras que podem te machucar,
mas o sofrer faz parte da aventura,
da ventura dos céus para se amar.

Voa...
Voa menino, mas cuidado apenas com aqueles amores banais.
Esses têm falsas correntes de felicidades e matreiras
demonstrações de calor e confiança, mas que, com tua força
e pouco caso, logo saberá distingui-los sem muitas lágrimas.

Voa...
Voa menino, cuidado apenas com o vento das Walquirias,
já o de outras vertentes deixa com que te levem a desvendar
o segredo do arco-íris estampado nos olhos das mais belas,
colhendo uma ou duas das flores nos campos abaixo e as ensina
tua poesia de amor gostar.

Voa...
Voa menino, mas não te esqueças dos mistérios,
onde vidas silenciosas sofrem pela falta de carinho,
de amor, de um coração dono.
Em homenagem a quem não podes amar,
junta letras doces e as envia direto a realidade de cada emoção, sem nunca prometer amor a quem jamais poderás dá-lo por completo
e revela ao mundo desses corações teu gosto de paz.

É menino...
O vôo acabou, mas sinto hoje,
um simples dia comum de sábado,
que mais uma vez um amor a teu lado,
sorri verdadeiro, num coração,
que já é só teu e que só teu quer ser.



Creative Commons License

Um comentário:

Nadine disse...

Oh meu Deus, que lindo poeta.
Deixa teu coração fazer um poema assim pro meu..................

Cada dia mais lindo como homem, esta um gato, com esse teu olhar de lobo e coração do eetrno menino amante.....
Foi muito bom te encontrar bem.
Você é meu guerreiro.

Mil beijos.