Cole o Código do Banner

17 de fev de 2011

Carinho antigo...



Eu mostrei uma velha fotografia.
Em preto e branco ou colorido eu postei.
Para dizer que não só minha ela é,
mas que nela sempre serei...

Parece que ainda analógica,
sem lógica,
no seu jeito de antiga,
leva o tempo que passou a rodopiar em saudades...

Nela não há aves ou flores,
muito menos montanhas ou mares,
mas tem um olhar ávido de vida,
de amor e desafio...

Com cuidados de amor,
pode-se ouvir um coração cantando
cantigas de ninar lobas e meninas
que nunca cantei...

Existe também essa imaginação que povoa
esse momento, tentando juntar para vocês,
pedaços de uma vida...

Tem tudo o que as minhas meninas quiserem...

Coisas que imaginei...
Alguns amores proibidos...
Momentos outros de alegria e lágrimas
em saudades e lembranças...

Alguns sonhos esfumaçados
Outros ainda tenros da infância
Nesta minha passada fotografia
que mostrei sem medo e com o peito cheio
de amor, de preto e branco ou colorido,
eu pintei prá vocês,
como um dia imaginei...



Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

Raquel Jacobsen disse...

...o caminho dos iguais...
http://sinceramenteser.blogspot.com/2010/07/idade-da-alma.html

R.Cássia disse...

Bela imagem na fotografia.
Belas palavras.
Bjks.

Nanci Cerqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.